Dicas para Aprender um novo Idioma

Se você sonha em aprender ou desenferrujar o inglês, dominar o espanhol, começar com o italiano, tentar falar francês ou dar uma oportunidade a algum outro idioma, temos ao final desta matéria sete dicas que podem te ajudar.

Mas o que alguém, que planeja aprender um outro idioma, teria que fazer para facilitar o novo aprendizado?

Antes de tudo não desanimar antes de começar: Vamos tirar os pontos negativos do caminho. Há aqueles que ficam desanimados com pesquisas que apontam que perdemos a nossa capacidade de desenvolver fluência em um idioma após uma certa idade (o que em parte é verdade!).

Alguns linguistas defendem que há uma “janela crítica” e que nossa capacidade para aprender um novo idioma fluentemente termina após uma determinada idade. Um estudo recente indica que isso aconteceria por volta dos 17 anos.

Porém devemos levar em conta que, na verdade, esse estudo analisou apenas a capacidade dos participantes compreenderem a gramática do outro idioma com competência. Mas quantos de nós podemos dizer que entendemos perfeitamente a gramática da nossa língua materna?

Quantos exemplos em nosso dia a dia temos de conversamos com ou escutamos outras pessoas que falam e entendem o português, mas que entendem pouco de gramática, e você percebe vários erros de concordância, síntaxe ou mesmo de desconhecimento de várias palavras mais específicas?

Você pode cometer alguns erros gramaticais, mas a sua idade não é uma barreira definitiva para você conseguir aprender o vocabulário de um novo idioma em um alto nível.

Você pode aprender a aprender: É um pouco estranho quando as pessoas dizem que têm algum tipo de ‘dom’ linguístico ou que são algum tipo de gênio da linguagem.

Portanto, mesmo pessoas que falam diferentes idiomas veem a si mesmas como um “trabalho em andamento”.

Aprender um idioma talvez seja mais fácil para uns do que para outros, mas não é uma habilidade que apenas certas pessoas têm. Isso é fruto da curiosidade e, principalmente, do esforço.

Mas lembre-se que para milhões de pessoas em todo o mundo, é uma necessidade. Na África do Sul, ou na Suíça, por exemplo, basicamente a maior parte dos habitantes nativos necessita de dois ou mais idiomas para sobreviver na economia, e deve falar todos eles (para que possa se comunicar com os estrangeiros).

Por onde começar: Confesso que fico encantado com o processo de aprender novas palavras e acho “estimulante” ver uma palavra estrangeira em um lugar e acrescentá-la ao meu vocabulário.

Nossas Dicas

  1. A primeira coisa que se deve fazer é tratar de aprender algumas palavras e saudações básicas para treinar a língua e os ouvidos, além de nos acostumar ao som e ao ritmo do idioma. O uso do Google Translate ou o Bing Traductor pode ajudar bastante.
  2. Depois, compre um livro ou, caso prefira e possa, faça algum curso do idioma. Outra alternativa adotada por muitas pessoas são os aplicativos de aprendizagem de idioma, úteis para adquirir vocabulário.
  3. Faça um mapa mental do vocabulário do idioma. Defina um assunto, como ir a um mercado, e em uma folha de papel escreva cada frase que imagine que possa necessitar nesse local.
    Depois, procure essas frases na internet (use os App de tradução sugeridos acima) para traduzi-las e memorizar. Assim, quando estiver nessa situação, você terá todo o – ou a grande maioria do – vocabulário necessário em mãos.
    Você deve repetir isso em quantas situações você acha que pode passar.
  4. É importante que você use todos os dias (ou pelo menos várias vezes a cada semana) o idioma que quer aprender.
  5. Conviva com o idioma. Se possível conversando nessa lingua com quem seja nativo, ou pelo menos tenha uma vivência maior que a tua.
  6. Pratique pouco mas com frequência. Com uma vida profissional e pessoal agitada, encontrar tempo para se comprometer com um novo idioma pode ser um desafio.
    Mas especialistas concordam que é possível progredir de modo significativo se você conseguir dedicar uma hora por dia ao idioma escolhido. Praticar pouco mas com frequência é uma forma de aprendizado mais produtiva do que em períodos mais longos, porém mais esporádicos.
  7. Leia livros ou revistas – e também veja muitos filmes – no idioma que você quer aprender. No caso de filmes você deve começar usando as legendas, mas assim que começar a entender melhor passe para só audio, sem legendas (lembrando que muitas vezes as legendas podem não bater muito com o que é falado no filme, e principalmetne será muito diferente se você usar a dublagem que está disponível.

Não é necessário que você recorra à sala de aula para melhorar o seu aprendizado do idioma. Os mapas mentais e os aplicativos podem te ajudar nessa tarefa. Há todo tipo de opção disponível que pode se adaptar melhor ao nosso estilo de aprendizagem do que um ambiente escolar.

Para mim, a melhor maneira de aprender um idioma é quando você não sente que está aprendendo. Você pode – e deve também – ler livros ou ver filmes no idioma que quer dominar.

Quanto mais idiomas, melhor: Falar mais de um idioma traz benefícios que vão além da alegria de poder se comunicar com mais pessoas. As pesquisas mostram que as pessoas bilíngues costumam aprender novos idiomas mais rapidamente que aqueles que falam apenas uma língua.

Não é só isso. Há estudos que indicam que pacientes vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) que falam mais de um idioma têm maiores probabilidades de recuperar suas funções cognitivas do que aqueles que falam apenas uma única lingua. Além disso, foi demonstrado que ser bilíngue pode atrasar um eventual início da demência.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: