Surto de Dengue está de volta: o que fazer?

A Dengue está de volta ao Brasil neste período de muito frio, que antecede o inverno. Descuido da população, que por dois anos só teve olhos para a Covid-19, a doença -transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti – está de volta, e o número de casos registrados já é maior do que o último surto que enfrentamos.

O perigo existe, mas o combate à proliferação do mosquito-vetor é bem fácil, e também se estende à outros mosquitos que vivem nas regiões urbanas do Brasil. Então conheça um pouco mais da doença, e saiba os principais métodos para combater o mosquito.

Como reconhecer a Dengue

Os sintomas da dengue são muito parecidos com outras doenças, que tem a mesma origem. No quadro abaixo mostramos os principais sintomas da Dengue:

  • Febre alta (de 39 à 40ºC)
  • Dores de cabeça
  • Cansaço (às vezes intenso)
  • Dor muscular e nas articulações
  • Manchas vermelhas na pele
  • Enjoos e vômitos
  • Indisposição
  • Dor abdominal

Como muitos desses sintomas também estão presentes na Zika e também na Chikungunya, compilamos a tabela abaixo, como um rápido comparativo.

Comparativo dos Sintomas da Dengue, Zika e Chikungunya

DengueZikaChikungunya
Febre acima de 38ºCFebre baixaFebre acima de 38ºC
Dor de cabeçaDor de cabeçaDor de cabeça
Manchas vermelhas no corpoManchas vermelhas no corpoManchas vermelhas no corpo
Dor nas articulaçõesDor nas articulaçõesDor nas articulações
Dor nos ossosDor nos ossos
Dor nos olhosOlhos vermelhosOlhos vermelhos
Falta de apetite
Mal estar
Coceira

Como Combater o Mosquito Aedes Aegypti

  • Tampe bem a lata de lixo
  • Amarre bem os sacos de lixo
  • Não deixe gotejar torneiras, principalmente no jardim
  • Limpe as calhas da casa
  • Mantenha a caixa de água muito bem tampada (não use plásticos para fazer as vezes de uma tampa)
  • Retire a água parada em baldes, vasos de plantas, latas abertas e pneus
  • Coloque areia nos pratos dos vasos de plantas
  • Proteja piscinas com cobertura vedadora
  • Limpe sempre que possível a piscina e reservatórios similares; se não está usando esgote toda a água
  • Limpe frequentemente lugares que acumulem água
  • Instale telas em janelas e portas
  • Mantenha a grama sempre aparada

As medidas acima são bastante eficientes, e fáceis de aplicar. Mas lembre-se que se seu vizinho não cuidar bem da casa dele, você terá riscos aumentados. Por isso vale a pena conscientizar todos os vizinhos, assim praticamente eliminando os criadouros desse tipo de mosquito de sua região, e diminuindo os riscos de contaminação de todos da sua região.

Últimos dados do Boletim Epidemiológico

De acordo com boletim epidemiológico divulgado na última sexta-feira (24/06) pelo Ministério da Saúde, as mortes por dengue no Brasil mais que dobraram no primeiro semestre de 2022 quando comparadas ao ano inteiro de 2021. 

Segundo o boletim, no período de janeiro a 20 de junho deste ano foram contabilizadas 585 mortes pela doença, que é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. O número representa um aumento de 138% em relação a todo o ano passado, quando foram registradas um total de 246 mortes. 

O boletim também informou os estados que apresentaram o maior registro de óbitos: São Paulo está no topo dessa lista com 200 mortes, seguido por Santa Catarina, com 66, e Paraná, com 60. Rio Grande do Sul (57) e Goiás (55) também registraram números relativamente altos.

Outros 2.016 óbitos ainda estão em investigação. 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: